Em outubro foi lançada a Campanha “Todo Cuidado é Pouco: juntos pelo enfrentamento da violência sexual de crianças e adolescentes no Amazonas”. de conversa, abordagem social e formação de redes informais de autocuidado. O movimento tem por objetivo disseminar a temática em todos os programas e ações da FAS, por meio de ações itinerantes de caráter preventivo como: rodas

As ações ainda estão de acordo com o que estabelece o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) em seu artigo 5º, em consonância com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS).

A perspectiva para 2019 é disseminar a campanha em sete municípios do Amazonas e apoiar as iniciativas destes municípios na garantia dos direitos de crianças e adolescentes.

A FAS compreende que trabalhar questões relacionadas ao enfrentamento da violação de direitos da criança e do adolescente é também garantir qualidade de vida para os povos da floresta.

Por isso, em 2018, em parceria com o Instituto Liberta, realizou ações para o enfrentamento de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes ribeirinhos, no Amazonas, por meio do projeto Repórteres da Floresta.

Em agosto foi realizada a Roda de Conversa articulando diversos atores de atuação local e regional para debater sobre a temática e criar estratégias de enfrentamento dessa violação de direitos em comunidades ribeirinhas no Amazonas.